Marketing imobiliário: 3 erros fatais que prejudicam suas vendas 

marketing imobiliario

Marketing Imobiliário é um conjunto de ações de marketing pensadas e desenvolvidas para uma imobiliária ou corretor de imóveis divulgar os imóveis da sua carteira e vendê-los, online, nas redes sociais, por exemplo, ou off-line em placas, anúncios de veículos impressos, entre outros. 

Marketing imobiliário é também um dos assuntos que mais interessa o corretor de imóveis por aqui, por isso, vira e mexe, o trazemos como pauta para o nosso bate papo online no Blog.

Um tema que se mantém em evidência há algum tempo surfando na onda do sucesso das redes sociais como ferramenta de vendas e geração de negócios. 

Tem muito corretor de imóveis e imobiliárias fazendo um ótimo e inspirador marketing imobiliário para os seus negócios.

Em paralelo, tem uma outra fatia cometendo erros fatais para o sucesso das suas iniciativas e é sobre isso que vamos conversar. 

Listei aqui 3 erros fatais no seu marketing imobiliário que podem estar prejudicando a sua estratégia e o alcance dos resultados: as vendas! 

Em tempo, se atente ao quão “ingênuos” são esses erros e, depois dos ajustes, o quanto fazem diferença e que de bobo eles não têm nada. 

Erro 1 – Marketing Imobiliário limitado às redes sociais 

marketing imobiliário
Marketing imobiliário vai além das redes sociais.

Repete comigo: marketing imobiliário não é só redes sociais. 

Meu amigo corretor, não se limite ao Facebook e Instagram. Há imobiliárias que os potenciais clientes nem estão lá, que estes nem são os canais ideais para atração e captação de leads. 

Seguir um fluxo, uma tendência porque todo mundo faz pode ser o maior ‘tiro no pé’ da sua imobiliária, com gastos equivocados de dinheiro, tempo e energia. 

Marketing imobiliário é dinâmico, amplo e com dezenas de possibilidades que vão além das redes sociais, por exemplo: 

  • E-mail Marketing 
  • Placas de Vendas – Ainda funciona SIM!
  • Lista de Transmissão no Whatsapp
  • Eventos na imobiliária 
  • Ações promocionais em comércios
  • Anúncios em caixa de pizza, bolacha de copo em bares e restaurantes
  • Outdoor

Eu poderia fazer uma lista infinita de sugestões de ações de marketing imobiliário aqui, essas são algumas das dezenas de possibilidades que existem para você divulgar os imóveis da sua carteira e a sua imobiliária que vão muito além do Facebook e Instagram.  

Claro que não é para pegar essas sugestões e sair implantando por aí. 

Antes de mais nada, uma estratégia de marketing imobiliário eficiente e assertiva, precisa ter um diagnóstico, um estudo da sua persona e do seu público alvo, os seus objetivos alinhados aos imóveis da sua carteira e, então, um plano de ação bem definido para o alcance do objetivo final que é vender mais. 

Nenhuma dessas opções que listei e de tantas outras que existem são para todo tipo de corretor e imobiliária. 

Entenda qual o seu cenário, sua praça de atuação, seu público e os imóveis que você trabalha para, então, definir o melhor caminho a seguir e a melhor ação de marketing para pôr em ação.  

Erro 2 – O arroz com feijão mal feito do marketing

Quando o básico, o arroz com o feijão do seu marketing imobiliário está mal feito, as chances de vender com ele são quase que nulas. 

Pode ser que venda? Com certeza! 

Mas ficar contando com a sorte não é o ideal e nem o que você busca quando se propõe a investir seu dinheiro, tempo e energia em marketing imobiliário, não é mesmo?  

E o que é o arroz com feijão do marketing imobiliário, o básico bem feito? Anota aí! 

  • Link direto pro seu Whatsapp nos canais de comunicação. Pode parecer absurdo, mas as pessoas, por mais interessadas que elas estejam no seu imóvel, não querem digitar o seu contato, salvar na agenda delas etc, para terem detalhes do ióvel anunciado. 

Facilita! Coloca o link direto pro seu Whatsapp e ao clicar nele, o potencial cliente cai direto nele e vocês conversam.  

  • Anúncio sem preço, mensagem inbox: não há nada mais irritante e que faça um cliente desistir da compra que omitir o valor o imóvel. O valor não é um segredo e forçar esse contato com o cliente não é, definitivamente, a melhor maneira de você começar uma relação com ele. 
  • Demora para responder: a internet tem uma necessidade de imediatismo na interação. Sei que nem sempre dá pra responder na hora ou em pouco tempo, mas, deixar para o dia seguinte e algumas vezes para nunca mais, como vejo frequentemente, é mais uma perda de tempo com ações de marketing imobiliário. 

Decidiu que vai postar? Se organize para atender seu público. Isso é o mínimo que você pode fazer 😉  

  • Manter o perfil atualizado: as redes sociais são fontes de pesquisa constante sobre as empresas. É nelas que quem está interessado em fazer negócios pesquisa sobre reputação, idoneidade, posicionamento… um perfil no Instagram ou Facebook, por exemplo, desatualizados passam a sensação de abandono, descaso, falta de cuidado e até um certo desrespeito com o público. 

Crie uma periodicidade e a mantenha. Os algoritmos das redes sociais gostam e o seu público também 😉 

Erro 3 – Não saber quem é o seu público 

Você sabe quem é a sua persona, seu público alvo, com quem você quer se comunicar e para quem você deseja vender os imóveis da sua carteira? 

Essa é a primeira e mais importante informação que você precisa ter antes de partir para ações de marketing imobiliária. Entenda, definitivamente que: 

1 – Não dá pra falar com todo mundo o mesmo idioma

2 – Quem não sabe com quem está falando, fatalmente, está se comunicando errado.

Sendo bem didático e até ‘ridículo’ nessa ilustração, não dá pra fazer ações de marketing imobiliário de casas Casa Verde Amarela para quem quer dar um upgrade no seu imóvel, por exemplo.

Não dá para anunciar imóveis de alto padrão e luxo para quem está buscando a compra do primeiro imóvel, para quem quer sair do aluguel. 

Há exceções? Sempre há. Mas vamos trabalhar com os dados gerais e não com os pontuais, ok? Isso é o mais assertivo a ser feito e o que, de fato, pode te trazer resultados em vendas. 

Portanto, saiba com quem você quer se comunicar, quem é o público para os imóveis da sua carteira e fale a língua deles. 

Isso vale muito para as ações de e-mail marketing

campanha de sucesso de email marketing

Você precisa segmentar a sua lista de contatos por clientes e tipologia de imóvel que eles buscam, do contrário, você só “incomoda” seu contato e pior: passa a sensação de quem não o ouviu, não está por dentro do que ele precisa e que ele é só mais um na sua lista de contatos. Pense nisso!

Dá trabalho fazer o mais assertivo, mas é um investimento de tempo e energia que te poupam retrabalho e isso impacta diretamente nos seus resultados, pode confiar! 

Em tempo, se você tem dúvidas sobre a diferença entre persona e público alvo, falamos sobre isso aqui: Como criar uma persona no Marketing Imobiliário

Percebeu como são os detalhes, ajustes pequenos que podem virar a chave e fazer com que suas ações de marketing imobiliário gerem mais e melhores resultados? 

Não tem muito segredo, nem fórmula mágica. Às vezes (muitas vezes!) aquele bom e velho arroz com feijão bem feito funciona.  

Faça um check up nas redes sociais, na sua lista de contatos e ajuste esses pequenos pontos. 

Elabore um bom email marketing, observe os potenciais pontos comerciais para ações bacanas de marketing. 

Saia caixinha, explore outras possibilidades e bons negócios. 

2 respostas para “Marketing imobiliário: 3 erros fatais que prejudicam suas vendas ”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Experimente por 15 dias grátis!
Sem nenhum tipo de cobrança.

    Suas informações estão seguras.

    Confira nossos materiais gratuitos para te ajudar a vender mais

    Já vai sair?

    Antes confira nossos materiais gratuitos para te ajudar a vender mais

    Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo.