• Mais Negócios
  • Captação de Imóveis: Guia prático para aumentar e melhorar sua qualidade

Captação de Imóveis: Guia prático para aumentar e melhorar sua qualidade

Oi Corretor, tudo bem por aí? Bora conversar um pouquinho sobre captação de imóveis?

Essa é uma etapa bem trabalhosa da rotina do corretor de imóveis e de importância imensurável em todo processo, não é mesmo?

Acontece que nem todo o corretor de imóveis tem esse entendimento e acaba fazendo captações de imóveis de um modo não recomendado, o que pode impactar negativamente em todo o resto da jornada.

Sabemos que com a correria do dia a dia, nem sempre conseguimos executar as tarefas da forma ideal, mesmo sabendo disso seguimos na linha do “Feito é melhor que perfeito!”. E tudo bem!

Mas, o que não podemos deixar é que o “Feito do jeito que deu!” se torne uma rotina, que entremos no modo automático e baixemos o nível de qualidade do nosso trabalho.

Por isso, te convidei pra bater um papo hoje sobre captação de imóveis.

Todo o processo de venda de um imóvel começa por ele e por que começar ruim, não é mesmo?

Como falei em “Captação de Imóvel em meio a Pandemia“, o cenário não é dos mais favoráveis para o que chamamos de a captação de imóveis perfeita, mas dá pra fazer um bom trabalho sim.

Mas, por onde começar a captação de imóveis?

Quando o cliente proprietário te procura para vender o imóvel dele, a receptividade e o interesse em comercializá-lo é no primeiro contato é fundamental.

Mas, aqui, é importante também não prometer absolutamente nada ao proprietário antes de ir conhecer pessoalmente o imóvel, principalmente, fazer alguma pré avaliação com base no que ele te diz naquele momento, por uma foto dele no celular etc.

Tem que ir ver para crer, sabe?

Agenda com ele e vai lá conhecer o imóvel. Já vai preparado para fazer as fotos e documentar a captação corretamente.

Outro caminho para captação de imóveis é pela internet, em portais imobiliários e marketplaces, como o Mercado Livre, OLX e, também pelas redes sociais.

Os grupos de compra e venda no Facebook são canais fortes de captação de imóveis e também de clientes.

A dica aqui é pedir para participar desses grupos e acompanha-los de perto.

  • Pintou um anúncio particular de venda ou locação de um imóvel, você entra em contato.
  • Pintou um anúncio de corretor de imóveis de venda ou locação, se você topa parcerias imobiliárias, faz contato também.

As Parcerias Imobiliárias são ótimas para aumentar a sua carteira de imóveis. Falamos sobre isso em “Parceria imobiliária: como você encara essa oportunidade?“. Dica de leitura bacana pra você.

E, tem mais um caminho pra boas captações de imóveis: offline!

Ao sair na rua, fique atento as placas de vende-se. Entre em contato e ofereça o seu trabalho como corretor de imóveis daquela região.

Agende um horário com o proprietário para se apresentar pessoalmente e, já sabe: vá preparado para fazer as fotos e documentar a captação.

Se o proprietário aceitar, já ganhou tempo aí!

A gente esquece, mas, antigamente era somente assim. Dá super certo!

Os porteiros de prédios também são guardiões de uma carteira de imóveis do prédio onde trabalham.

Aliás, conta pra mim: Porteiros: parceiros ou uma pedra no seu caminho? Esse post deu o que falar e eu queria saber a sua opinião. Passa lá depois!

Mas eles sabem se tem apartamentos vendendo no prédio e o contato do proprietário. Você também pode fazer contato com eles para aumentar a sua carteira de imóveis.

A abordagem ao cliente na captação de imóveis é muito importante

O que mais faz alguém abrir mão do trabalho do corretor de imóveis é alguma experiência ruim anterior:

  • O corretor que captou e sumiu, nunca deu um retorno ao cliente ao cliente proprietário de como estava trabalhando a venda do seu imóvel;
  • O corretor que prometeu “mundos e fundos” e nada;
  • O corretor que só ligava em cima da hora da visita pra levar alguém, atrapalhando a rotina do dono.

Enfim, são muitas práticas ruins que podem espantar o cliente e denigrir a imagem de um profissional.

E, infelizmente, com o mercado imobiliário não é diferente.

Por isso, seja cauteloso ao abordar o cliente. Se apresente e demonstre interesse em comercializar o imóvel.

Sem promessas ou pré avaliações rasas.

– Ah, mas o dono sempre pergunta: Quanto você acha que vale, que posso pedir na minha casa? Vende rápido?

Você diz que não pode assegurar nada sem antes avaliar o imóvel. Simples assim!

E por falar em avaliar o imóvel, essa é uma etapa importante da captação de imóveis.

Agende uma visita ao imóvel e faça a avaliação de mercado.

Ignore todo e qualquer material fotográfico do proprietário. Tem que ir no imóvel!

  1. Dá trabalho? Sim.
  2. Leva tempo? Muito.

Mas, faz parte. E parte importante! Não abra mão disso. Vai fazer muita diferença lá na frente da jornada.

E formalize a captação do imóvel em um documento como já falamos por aqui com dados que contextualizem a sua análise: localização, comparativo com imóveis da mesma tipologia e estado de conservação do bairro, preço do metro quadrado da região etc.

Avaliação do imóvel concluída, o proprietário aceitou, é hora de fazer a proposta de comercialização do imóvel.

É importante formalizar o acordo de comercialização do imóvel para evitar futuros transtornos na hora da venda, em especial, com os valores da sua comissão.

Ou até mesmo ao divulgar uma foto na internet, com valores etc.

Tudo isso precisa ficar claro para o proprietário do imóvel e em contrato. Segurança e profissionalismo.

Por fim, e hora de divulgar o imóvel captado!

Não basta ter esse trabalho todo e deixar o imóvel lá na sua carteira de imóveis.

Carteira de imóveis boa é aquela rotativa, que imóveis entram e saem a todo momento!

Trace um bom plano de marketing imobiliário para que o imóvel seja visto pelo maior número possível de pessoas interessas em imóveis como este.

Use e abuse das redes sociais, WhatsApp, Site e Portais Imobiliário e tudo mais.

Dê um feedback ao proprietário!

Quando o imóvel recebe visitas, mesmo que não venda – e isso é outro ponto, assunto pra outro bate passo nosso aqui – é importante dar um retorno ao proprietário sobre o seu trabalho e o porque ele não está gerando visitas.

Não desapareça depois da captação do imóvel. Como falei anteriormente, isso frustra o cliente e denigre o profissional do mercado.

Então, em resumo é:

  1. Aborde o cliente com calma e sem promessas;
  2. Agende a ida ao imóvel para fazer a captação do imóvel pessoalmente;
  3. Avalie o imóvel e formalize a sua análise;
  4. Emita uma proposta de comercialização do imóvel;
  5. Tenha uma boa estratégia de marketing para divulgá-lo;
  6. E dê um retorno ao cliente.

Faz sentido pra você? Me diz o que achou!

Bons negócios.

5 respostas para “Captação de Imóveis: Guia prático para aumentar e melhorar sua qualidade”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Experimente por 15 dias grátis!
Sem nenhum tipo de cobrança.

    Suas informações estão seguras.

    Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo.

    Sair da versão mobile