Comissão de Corretor de Imóveis: como funciona?

A Comissão de Corretor de Imóveis é um direito estabelecido por lei ao profissional.


Corretores de Imóveis são profissionais autônomos e não tem remuneração fixa. Eles são comissionados pelas vendas e locações de imóveis realizadas.

Esta prática está assegurada por lei, estabelecida no Novo Código Civil, Capítulo XIII, artigo 725, que diz: “A remuneração é devida ao corretor uma vez que tenha conseguido o resultado previsto no contrato de mediação, ou ainda que este não se efetive em virtude de arrependimento das partes”.

Vale ressaltar que esta lei assegura o profissional devidamente regulamentado pelo Creci, portador do título de Técnico de Transações Imobiliárias.

Sendo assim, em todo o âmbito nacional, o Corretor de Imóveis tem direito a Comissão sob as transações imobiliárias realizadas.

O percentual de Comissão do Corretor de Imóveis é estabelecido regionalmente, ou seja, cada região pratica um percentual de Comissão para o Corretor de Imóveis diferente. Este percentual é estabelecido junto aos órgãos competentes da Classe na região.

Em São Paulo e no Rio de Janeiro, por exemplo, a Comissão do Corretor de Imóveis varia de 6% a 10%, de acordo com o perfil do imóvel.

Para saber qual o percentual de Comissão é praticado na sua região, consulte o Conselho da Categoria na sua localidade.

A comissão do Corretor de Imóveis X Comissão da Imobiliária

A Comissão do Corretor de Imóveis que trabalha para uma imobiliária NÃO é a mesma que a Comissão do Corretor de Imóveis que trabalha ‘sozinho’, o Corretor Autônomo.

Quando representante de uma imobiliária, o Corretor de Imóveis é comissionado sob o valor da comissão da venda, a grosso modo é a comissão da comissão.

Nestes casos, a Imobiliária recebe o valor da Comissão Integral e desta comissão é retirada a remuneração do Corretor.

Este percentual é acordado previamente entre a imobiliária e o Corretor de Imóveis. Veja um simulado de Comissão de Corretor de Imóveis que representa uma Imobiliária:

Vamos supor que você é um Corretor de Imóveis da Imobiliária X, no Estado São Paulo, onde a Comissão para a venda de imóveis urbanos é de 6%. Na Imobiliária X, o Corretor de Imóveis recebe 30% de comissão. Então se:

  • Você vendeu uma casa no valor de R$350 mil.
  • A imobiliária recebe 6% do valor da venda: R$ 21 mil.
  • Você, Corretor de Imóveis da Imobiliária X, recebe de comissão R$6.300.

Quem paga a Comissão de Corretor de Imóveis ou da Imobiliária?

O vendedor do imóvel e quem paga a Comissão do Corretor de Imóveis ou da Imobiliária que está trabalhando o seu bem. Evite surpresas para todos os envolvidos no processo de compra e venda de um imóvel. Divulgue o valor do imóvel já com a Comissão do Corretor ou Imobiliária inclusa.

E quando há mais de um Corretor envolvido no processo de compra e venda do imóvel? Parcerias são práticas cada vez mais comuns no mercado imobiliário. Deixaram de ser vistas como divisão de comissão para oportunidade de negócios.

O ‘fifty’ é algo legítimo no segmento e para realiza-lo de forma segura, seja transparente e acorde em contrato os valores de comissionamento para os Corretores de Imóveis envolvidos.

 

32 respostas para “Comissão de Corretor de Imóveis: como funciona?”

    1. Oi Thays, tudo bem?
      Obrigada pelo contato.
      A visita ao imóvel não é comissionada, ou seja, o corretor de imóveis não ganha por isso.
      Levar os clientes para conhecerem pessoalmente os imóveis que eles têm interesse é parte (fundamental!) do trabalho do corretor de imóveis e do processo de venda.
      O corretor de imóveis é comissionado por suas vendas e este pagamento é feito quando o imóvel é pago.
      O tempo varia de acordo como o modelo de negócio que a venda/compra está sendo feita: financiamento bancário, à vista, permuta etc.

      Compartilho com você um post sobre as responsabilidades do corretor de imóveis: https://microsistec.com.br/quais-sao-as-responsabilidades-do-corretor-de-imoveis/

      Qualquer dúvida, estou por aqui.
      Um abraço.

  1. Oi Letycia, gostaria de um esclarecimento a respeito de uma transação imobiliária. Uma troca de imóveis de mesmo valor e sendo que uma das partes não possui corretor. Quem tem que arcar com a comissão e qual a percentagem nesse caso

    1. Oi Romeu. Como vai?
      Obrigada pelo contato!
      A comissão do corretor de imóveis é de responsabilidade de quem o contrata, independente do modelo de negócio: permuta, troca, venda, locação etc.

      Há clientes que, em meio a um cenário como este, são mais flexíveis e dividem o pagamento da comissão do corretor, mas, não é prática. Vale sempre uma negociação para que fique bom para todas as partes.

      Espero ter lhe ajudado.
      Um abraço.

  2. Oi Leticia
    Boa tarde

    Uma cliente pegou informações comigo sobre um imovel, estas informações, foram passadas por ligações telefonicas e por mensagem de texto no Whatsapp, apos obter o que queria, resolveu comprar com outro corretor, sendo apos uma semana a cliente nao me contatou mais e comprou com outro corretor, este trabalha na mesma empresa que eu , tem direito a FIFTY?

    1. Oi Robson, como vai?
      Feliz com a sua visita e em ter dividido suas questões comigo e querer conhecer a minha opinião a respeito.

      Pelo o que você me relata, identifico aí três problemas:

      1 – Gestão de Equipe;
      2 – Comunicação;
      3 – E de Ética Profissional.

      Respeitar o rodízio de corretores é fundamental para que estes conflitos não aconteçam. Isso desmotiva o corretor que se sente injustiçado, impacta no relacionamento interpessoal da equipe e gera um clima ruim de trabalho.

      Comunicação é outro ponto importante no trabalho em equipe. Como vocês administram os atendimentos? Dependendo do porte da imobiliária, dá pra saber quem está atendendo quem, o que me parece ser o seu caso, que logo identificou outro corretor atendendo o seu cliente.

      Aí, a ética profissional deve prevalecer. Uma vez provado que você iniciou este atendimento, cabe ao corretor encaminhar o cliente a quem o atendeu desde o começo para que ele dê continuidade ao atendimento. O que não aconteceu por aí.

      Vale ressaltar que, dificilmente, o cliente vai se atentar a isso. Ele não tem obrigação de saber como funciona a dinâmica de trabalho em uma imobiliária.

      Não posso precisar de quem seria a comissão, uma vez que cada imobiliária tem um método de trabalho.

      Mas, de qualquer forma, acredito que com todos estes quesitos citados acima ajustados, problemas como estes serão mitigados.

      Acho importante você conversar com o gestor de equipe da sua imobiliária e esclarecer estes pontos. Você precisa estar motivado para atender seu próximo cliente.
      Boa sorte e muitas vendas, Robson.
      Um abraço.

  3. Olá, boa tarde. Sou corretor de imóveis autônomo.
    Apresentei um imóvel a um casal para venda do mesmo, por meio de conversas pelo aplicativo whatsapp, enviei fotos, cópia do carnê IPTU, e demais informações que foram enviadas pela proprietária.
    Este casal não demonstrou interesse na aquisição do mesmo, mais em mais ou menos 3 meses, este casal alugou o imóvel através de outra imobiliária.
    Minha dúvida é. Em caso de futura compra deste imóvel pelo casal que alugou, tenho direito de receber os honorários pela efetivação da venda, em caso de outra imobiliária ou entre proprietários e inquilinos?
    Se possível enviar resposta somente no email..
    att; Roberto

  4. Oi Letycia, tudo bem?

    Tira uma dúvida por gentileza? Há 1 ano atrás apresentei meu primo para uma corretora parceira que trabalha com empreendimentos os quais eu não tinha acesso. Esse mês, meu primo decidiu voltar a um dos empreendimentos os quais ela já apresentou mas em outra unidade e em outras condicoes, pois hoje eu tenho acesso.
    Ele decidiu assinar o contrato e me dar preferência por que Sou o primo dele e tal.

    A corretora, disse para mim que tem direito ao fifity. Procede essa informação? Sendo que o cliente é meu, e eu que o apresentei a ela para ela fechar mas não fechou há um ano atrás.

  5. Oi Le boa tarde, parabéns seu trabalho é excelente!
    Eu trabalho no ramo de veículos Premium, mas atualmente estou muito interessada em entrar no ramo imobiliário.
    Já vou fazer meu Creci, e já tenho uma construtora para fazer o estágio. Mas vi que a comissão que eles pagam antes e depois do estágio é a mesma 1.5% mais prêmio de 0.5%, gostaria de saber se me aconselha a procurar outro lugar com uma comissão mais padrão visto que a grande maioria tem como base 5% a 6%…

    1. Oi Dani!
      Tudo bem?
      Muito obrigada! 🧡
      Você está no caminho certo, primeiro dedique-se aos estudos (inclusive, fique à vontade para usar bastante o nosso blog 😀 ) para tirar o CRECI e aproveite a oportunidade oferecida para estagiar, isso trará uma bagagem importante para que você possa futuramente “tirar as rodinhas” e atuar na área como corretora autônoma ou corretora em uma imobiliária.
      Se surgir mais alguma dúvida, pode contar com a gente!

      Um abraço!

  6. Olá Letycia, planejo trocar de apartamento onde moro e o comprador do meu imóvel fará o negócio diretamente comigo por ser uma pessoa conhecida. Vou comprar um novo apartamento e tem um corretor que nos está auxiliando e o apartamento que ele indicou é de um conhecido meu e eu não sabia.. Vou ter que pagar a corretagem se fizer o negócio sem a intermediação do corretor, 6% do valor da corretagem é o valor de 1 ano de colégio dos meus 2 filhos… não acho justo. Existe uma forma de negociar essa porcentagem.. O que tem a ponderar. ?

    1. Oi Jairo. Como vai?
      Obrigada por compartilhar seu caso com a gente!
      Vamos lá… no seu comentário já está a resposta e o porquê dela. Veja:

      “Vou comprar um novo apartamento e tem um corretor que nos está auxiliando e o apartamento que ele indicou é de um conhecido meu e eu não sabia.“.

      O corretor está fazendo o trabalho dele e deve ser remunerado por isso.
      O fato de você não saber que este imóvel é de um amigo seu, não pode interferir no trabalho do corretor que já estava se dedicando a você.

      Quem paga a comissão do corretor de imóveis é quem está vendendo. No caso, o seu conhecido. Sei que este valor poderia baixar caso não tivesse a intermediação do corretor de imóveis, mas, neste caso teve e ele tem o direito de acionar você judicialmente caso não descubra que o negócio foi feito sem ele, uma vez que ele tem participação.

      Aconselho uma boa e franca conversa entre vocês. Boa sorte!

      1. Isto acontece também no ramo do direito, quando você contrata um advogado , o ideal é fazer um contrato sobre as custas do processo, geralmente é 30%. Quando a ação é ganha e tem indenização à receber, o dinheiro é depositado na conta do advogado que depois repassa ao cliente já descontados os 30%. Só que tem cliente que não entende, imagine uma indenização de um milhão de reais, o cliente vai achar um absurdo ter que pagar 300 mil reais para o advogado. Mas caso não tenha entendido o recado, dá uma olhada neste vídeo https://www.youtube.com/watch?v=qyojOCLcZhE

  7. Olá Letycia Queiroz muito prazer de iniciar o nosso contato profissional, apresentando-me sou o Antonio Diniz, corretor de Imóveis desde 2012, estou muito preocupado com o acordo firmado com o CADE entre o COFECI e CRECI !
    Cade proibirá tabelamento na corretagem de imóveis
    Taxas que incidem sobre aluguéis, venda e administração predial serão livres
    Agora vou ter mais concorrentes nesta Cidade de Peruíbe que já não estava bem nas negociações imobiliárias !

  8. Estou querendo entrar neste seguimento agóra mais que convicto depois de ter lido as perguntas destes profissionais e ouvido respostas dadas com muito profissionalismo henriqueceram meu sub-consiente. Letycia, continue assim sendo útil para todos nós que trabalhamos ou que pretendemos exercer esta atividade.

  9. Olá! Eu tenho CRECI desde 2016, porém, por estar em outro ramo, nunca consegui trabalhar na área. Hoje tenho grande intenção em mudar de carreira e mergulhar de vez na corretagem. Que fazer transição de carreira. O que vc recomenda? Iniciar numa imobiliária ou tentar começar como autônoma?

    1. Olá Emília, parabéns pela sua decisão. Você está diante de um ótimo mercado com muitas oportunidades. A vantagem de começar em uma imobiliária, é ter uma experiência inicial, apesar de ter o CRECI, no dia-a-dia a rotina do corretor assim como de qualquer outro profissional é um pouco diferente do que aprendemos nos cursos. Você poderá adquirir um pouco de experiência atuando em uma imobiliária até se sentir segura para seguir como corretora autônoma. Boa sorte!

  10. Bom dia!

    Trabalhei em uma imobiliária durante um ano e meio e durante esse período fiz diversas captações de imóveis, a maior parte delas com contrato de exclusividade.

    Após esses 18 meses me desliguei da imobiliária e comecei a atuar de forma autônoma.

    Descobri através de um cliente proprietário (apresentado e levado para imobiliária na época em que atuei nela) que a imobiliária entrou em contato diretamente com ele e apresentou uma proposta de um interessado na aquisição do imóvel. Obs: nesse momento o contrato de exclusividade já havia encerrado há 60 dias aproximadamente.

    Vale salientar que fiz todo atendimento e captação desse cliente proprietário, com avaliação de mercado para definir valor de venda, contrato de exclusividade , acompanhamento até o encerramento do contrato e cadastro no sistema da imobiliária. Sem o contrato e os dados cadastrais a imobiliária não teria acesso direto a esse cliente.

    Fiquei com dúvidas e resolvi fazer essa postagem para ouvir colegas da área imobiliária e jurídica. Acredito que é uma situação que pode acontecer com vários profissionais da área imobiliária e esclarecer é sempre o melhor caminho.

    1) A comissão nessa situação seria justa já que eu apresentei o cliente proprietário para imobiliária?
    2) Se sim, qual seria o percentual devido se imaginarmos uma comissão de 5% ?
    3) Por uma questão de ética a imobiliária deveria ter me envolvido na negociação já que o proprietário foi apresentado a ela por mim?

    Desde já agradeço o espaço e espero ter estimulado à reflexão do assunto.

    Grato,

    1. Olá Rafael, boa tarde.

      Esse tipo de situação acredito que deva acontecer com outros corretores também.

      É importante que no ato do acordo de trabalho/contratação todas as questões fiquem muito bem claras, na entrada e na saída, na dissolução.

      Com isso determinar pontos como atendimentos, negócios em andamento, captações…

      Abraços!

  11. Olá
    Tenho um contrato de locação de minha casa junto a uma imobiliária e além deste contrato a imobiliária também emitiu um contrato de administração .
    Minha dúvida seria , como inquilino é um conhecido e não houve participação da imobiliária na prospecção. Somente os contratei para formalizarem o contrato, caso eu decida rescindir o contrato (pagando a multa) e vender a casa para ele ou qualquer outra pessoa, é possível?
    Uma vez que consta no contrato uma clausula de 6% de participação na intermediação da venda, a mesma é devida?

    1. Olá Flávia bom dia. Recomendamos que faça todo o trâmite da negociação do seu imóvel através de um corretor devidamente inscrito no CRECI. Isso vai te garantir segurança na operação tanto em aspectos financeiros como em questões de documentação. Boa semana!

  12. Se eu contratar um corretor para vender minha casa no prazo de 90 dias, e se passa 60 dias e o corretor ainda não conseguiu vender a casa, e eu o DONO vendo! Tenho que passar a comissão para o corretor mesmo assim?

    1. Bom dia Livia, tudo certo? Sim, pois você contratou os serviços dele, então mesmo que você tenha vendido a casa, o corretor ainda passou esses 30 dias tentando vendê-la. Esperamos ter te ajudado. Abraços!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Experimente por 15 dias grátis!
Sem nenhum tipo de cobrança.

    Suas informações estão seguras.