como abrir uma imobiliária virtual

Como abrir uma imobiliária virtual

O avanço do mundo digital transformou a maneira de fazer negócio e isso vale também para o mercado imobiliário.


O que tem despertado no corretor de imóveis com o perfil mais high tech o interesse em saber como abrir uma imobiliária virtual.

Eu acredito que toda imobiliária é, pelo menos, 70% virtual, uma vez que todo a jornada de compra do cliente, hoje em dia, acontece online, ou seja, via internet.

 

A pesquisa do imóvel desejado no Google e redes sociais;

O primeiro contato de interesse para mais informações é por e-mail, chat etc.;

O envio de propostas de mais opções de imóveis são links de landing pages e anúncios no site da imobiliária;

 

Enfim, todo o processo pode e tem acontecido virtualmente, sem o menor problema.

Até chegarmos na etapa de visita ao imóvel e da proposta de compra, as únicas etapas que acontecem em ambientes físicos.

Não dá pra comprar um imóvel sem ver ele pessoalmente. Pode até acontecer –  tudo pode acontecer! – mas, definitivamente, não é comum.

Acontece que dá pra ser ainda mais virtual, não é mesmo?

Ter uma imobiliária 100% virtual é possível e tem alguns pontos muito bacanas que merecem destaque, sobretudo, os com custos fixos, algo que impacta bastante na administração de uma imobiliária.

Em Como administrar uma imobiliária e ser bem-sucedido no mercado falei sobre os custos fixos de uma imobiliária e os com a locação do ponto comercial está entre o maior deles.

Os pontos positivos de uma imobiliária virtual

Com uma imobiliária virtual você minimiza estes custos, afinal, toda a infraestrutura do corretor de imóveis se resume a: computador + telefone + internet.  

O ponto comercial é onde o corretor estiver.  O telefone de contato comercial pode ser somente o telefone celular e whatsapp.

Os meios de contato são os mesmos que os de uma imobiliária física: e-mail, chat etc.;

O corretor trabalha de onde e como quiser com o seu computador e conexão a internet. Tudo corre mais rápido e em qualquer lugar.

Os pontos negativos de uma imobiliária virtual

Tudo tem seu lado positivo e negativo. A ideia de abrir uma imobiliária virtual tem muitos prós, mas, também tem seus contrapontos.  

Não acredito que sejam pontos negativos, apenas, uma questão para ser analisada com base na sua persona, no seu público alvo, na sua carteira de imóveis e clientes.

Você quer saber como abrir uma imobiliária virtual, tem um perfil digital e está sempre online.

Este é o seu perfil. E o seu cliente, tem este perfil high tech?

Está claro que o mercado de compra e venda de imóveis mudou e está totalmente inserido na era digital.

Como disse anteriormente, todo o processo já acontece virtualmente e isso tem contribuído muito com os negócios.

Mas, vale ressaltar que estamos falando de um produto de alto valor financeiro agregado, além do valores emocionais que envolvem a compra e venda de um imóvel.

Não se trata de qualquer compra, qualquer negócio a ser fechado. Estamos falando da compra e venda de uma casa, um apartamento etc.

Aliado a isso, tem uma fatia do mercado bem tradicional. Que gosta de saber onde trabalha o seu corretor de imóveis, em qual empresa/imobiliária, ou seja, que quer conhecer o estrutura física do corretor e isso pra ele importa, passa credibilidade, segurança e tudo mais.

 

Mas é claro que não uma coisa não tem nada a ver com a outra e você não passa credibilidade e confiança com a sua estrutura física.

 

Mas, como costumo ser bem franca com vocês, tem clientes que preferem/entendem assim.

Por exemplo, os com mais idade, acostumados com este modelo de atendimento ou aqueles que não tiveram boas experiências com o mundo digital.

Se este for o seu perfil de cliente, a sua persona e público alvo, respeite-os e repense a ideia de ter uma imobiliária virtual.  

Atendimento ao cliente e marketing imobiliário digital

Abrir uma imobiliária virtual não tem muito segredo. A sua infraestrutura é simples e compacta.

A dica que eu dou é reforçar o seu modelo de atendimento ao cliente, a sua principal ferramenta de vendas.

É com ele que você irá passar a segurança e credibilidade necessária. Algo que o profissional deve transmitir em qualquer modelo de negócio.

Algumas ações de marketing imobiliário podem reforçar estas questões. Provas Sociais nas redes e no site imobiliário são algumas delas.

Agora que você já sabe como abrir uma imobiliária virtual, seus prós e ‘contras’ etc., deve estudar qual o modelo de negócio é mais viável para você, seu público alvo e carteiras de imóveis e cliente.

 

 

Ficou alguma dúvida? Tem alguma sugestão ou experiência que queira compartilhar com agente? Deixe seu comentário.  

Site para imobiliária

Letycia Queiroz

Marketing de Conteúdo em Microsistec
Jornalista heavy user de internet, é viciada em pizza, apaixonada por chocolate e por todos os cachorros do mundo.
É filha de Corretora de Imóveis e tem a sua mãe como persona (e inspiração!) principal para os seus textos.

4 Comments

  1. Alexandre Cardoso

    Boa noite Leticia,
    Como voce sou filho de corretora de imoveis e inclusive ja pensei em desenvolver um sistema de gerenciamento para imobiliarias.
    O unico ponto ruim que vejo em uma imobiliaria virtual seria no momento da assinatura de contrato onde e necessario um advogado experiente para fazer levantamento previo da documentacao do imovel, matricula, historico dos compradores etc…

    • Letycia Queiroz

      Oi Alexandre. Tudo bem por aí?
      Que coincidência bacana… nossas corretoras prediletas, né? hahaha… 🙂

      Sim, concordo com você.
      Embora 70% da jornada de compra de um imóvel aconteça online e o corretor possa encontrar os clientes direto na porta dos imóveis que serão visitados, a parte burocrática do negócio, geralmente, pede uma formalidade e corporativismo maiores.

      Há clientes que não gostam de negociar em lugares públicos ou na casa do corretor.

      Por isso, é muito importante saber qual o seu público alvo e a sua persona antes de atuar exclusivamente como uma imobiliária virtual.

      Alexandre, obrigada por compartilhar sua opinião comigo.
      Volte sempre.
      Abraço e sucesso pra vocês.

  2. Anderson Seraphim

    Olá, Letycia.

    Meu nome é Anderson Seraphim, tenho 36 anos e comecei a carreira de corretor de imóveis verdadeiramente em janeiro deste ano. Em 2011 já havia tido uma experiência na área, mas não segui carreira. Agora sim decidi ser mesmo corretor.

    Interessante que antes de entrar pra área neste ano eu já tinha um perfil high tech, tive meu primeiro computador há 22 anos atrás, quando tinha 14 anos, e desde aquela época me apaixonei pela tecnologia, pelo ambiente virtual e todo o poder da web. Faz 2 anos que estudo marketing digital, mas ainda estou engatinhando na área.

    Então, por já ter entrado neste para o mercado com este perfil e com esta visão, tenho extrema dificuldade em praticar os métodos antigos de prospecção, como ligar para uma lista fria e tomar mais “não” do que “sim”, ficar em plantões que quase nunca aparecem clientes, a gente mais gasta do que tem retorno financeiro, ir para semáforos entregues panfletos para as raras pessoas que abrem os vidros dos seus carros, e etc. Definitivamente eu não consigo fazer este tipo de prospecção, mas meu gerente e muitos amigos de trabalho insistem comigo que eu não tenho sucesso na área porque não faço os métodos “deles”, arcaico, de prospecção. De fato, nestes 7 meses, vendi apenas 2 apartamentos, que foram clientes de plantões. Aí quando surgem vendas destes métodos antigos, aí que essa galera se fortalece mesmo e pensam ter argumentos suficientes para me convencer a praticar estes métodos que estão morrendo lentamente. Se ainda não vendi mais, é porque ainda não tive uma verba pra investir em Facebook Ads e Instragram e Youtube Ads. Mas vou juntar um dinheiro pra fazer isso e viver prospectando assim.

    Olha, não dá pra prospectar assim. O mundo mudou, a geração é outra, e a internet é o que domina e vai dominar em pouco tempo todo o mercado. Realmente, não há necessidade de abandonarmos as estruturas físicas, pois elas verdadeiramente dão segurança ao cliente, e nelas é que finalizamos todo o processo da venda do imóvel, juntamente com o decorado. Mas tudo isso durante alguns dos próximos anos, porque vai chegar o tempo em que plantão e decorado vão morrer definitivamente, a mentalidade do mundo vai se adaptar a comprar online, por isso futuramente pode até haver alguma estrutura física, mas será uma estrutura reduzida, menor, econômica, com escritórios menores e mais simples e dinâmicos, sem a necessidades de prédios enormes. Quando o mundo, num futuro breve, se acostumar a isso, muitos corretores vão repensar suas profissões. Por isso já estou me preparando pra isso.

    Bom, era isso o que queria dizer. Muito bom seu artigo. Aliás, todo o seu conteúdo é muito bom Letycia, mostra que tem autoridade nos assuntos que escreve.

    Sucesso e abraços.

    • Letycia Queiroz

      Oi Anderson, como vai?
      Que alegria receber feedbacks como o seu.
      Claro que não pelas suas dificuldades, mas por deixar tão claro o quanto estamos no caminho certo: eu e você!
      Vou te falar não somente como profissional da área de mkt digital, comunicação empresarial em geral.
      Quero falar com você, em especial, como filha de corretora de imóveis.
      Este cenário que você vive hoje não é uma exclusividade sua.
      Vender ‘pouco’ faz parte do processo de corretagem de imóveis, um mercado influenciado por tudo e todos os segmentos, o tempo todo.
      A crise econômica, a concorrência, as vezes problemas pessoais, entraves que o proprietário causa, o cliente traz… enfim, tem muita coisa envolvida nisso tudo.
      E eu considero isso perfeitamente comum, tendo em vista que se trata de um sonho, muitas vezes o maior deles na vida de alguém e de uma família.
      Sabia que o tempo de uma venda pode chegar até 9 meses? Você já vendeu 2 imóveis em 7 meses! Vendo por esse lado… 😉
      É importante ter calma e sabedoria para conduzir estas fases.
      Nem tudo está descartado dos métodos ‘antigos’ de trabalho. Não abra mão deles totalmente, ok?
      Foco na sua persona e trabalho!
      Filtre e tente aplicar o que fizer sentido pra você.
      Compartilhe e recebe conhecimentos.
      Você, como profissional da área de marketing digital, vai poder unir suas 2 competências e ser um verdadeiro corretor de imóveis de alta performance, construindo uma carreira brilhante.
      MUITO sucesso pra ti e volte sempre.
      Fiquei feliz com a sua visita, seu comentário e em poder te ajudar.
      Conte comigo. Sempre!
      Um abraço.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.Campos obrigatórios *