O que um Corretor de Imóveis faz?

Saber com clareza o que um Corretor de Imóveis faz é imprescindível para quem deseja ingressar no mercado imobiliário.


Em resumo, o Corretor de Imóveis é o profissional que conduz todo o processo de compra, venda e locação de imóveis. Da captação do imóvel até a conclusão do negócio.

Mas, entre a captação e a conclusão do negócio, existe uma série de tarefas que compõem o dia a dia do profissional da área.

E é sobre isso que vamos falar neste post!

 

A profissão Corretor de Imóveis tem ganho cada vez mais adeptos.

 

Ela tem uma rotina de trabalho atrativa e muito compatível com diferentes perfis profissionais.

Esta é uma das razões pelo crescimento do número de corretores de imóveis ingressando no mercado.

Flexibilidade de horários, remunerações generosas e a possibilidade de empreender em seu próprio negócio complementam estes atrativos!

Embora a Corretagem de Imóveis seja uma profissão versátil no que diz respeito ao perfil do profissional, todos Corretores de Imóveis devem ter algo em comum: muita dedicação.

A dedicação ao trabalho é algo imprescindível em meio a tudo que um corretor de imóveis faz!

Obviamente, todas as profissões exigem dedicação do profissional, mas, no caso do Corretor de Imóveis, como profissional autônomo, a dedicação é o seu combustível.

 

Vamos falar mais sobre isso já, já, em Rotina de Trabalho.

 

Antes desta etapa, é preciso que você saiba como se tornar um Corretor de Imóveis.

Lembra o que falamos sobre dedicação?

O corretor de imóveis dá início a sua trajetória profissional com muita dedicação.

Para se tornar um Corretor Imobiliário é preciso tirar o CRECI, o nome do registro profissional do corretor de imóveis. E também as siglas do Conselho Regional de Corretores de Imóveis.

 

E como tirar o CRECI?

 

A profissão de corretor de imóveis é regulamentada através da Lei Federal n° 6.530/78.

Tire o CRECI em 3 passos:

 

1º passo

Para se tornar um Corretor de Imóveis com CRECI é preciso ter o diploma de Técnico em Transações Imobiliárias, ou de curso superior Sequencial e Tecnológico de Ciências Imobiliárias ou de Gestão de Negócios Imobiliários.

Os cursos devem ser reconhecidos pelo CRECI.

Atente-se a isso antes de ingressar em um curso, pois, embora esta seja uma exigência do próprio CRECI, todo o investimento fica a cargo do interessado.

 

2º passo

Há cursos que exigem um período mínimo de estágio na área.

Verifique se este é o caso do curso escolhido por você e, devidamente matriculado.

Com uma frequência no curso, busque junto ao CRECI da sua regiã, o requerimento paro estagiar e sua credencial de Corretor de Imóveis Estagiário.

 

3º passo

O terceiro e último passo para tirar o CRECI é a solicitação da credencial definitiva pelo site do CRECI da sua região.

Após concluir o curso e com o diploma regularizado pela Secretaria Estadual de Educação através do registro no GDAE – Gestão Dinâmica da Administração Escolar –  você já pode solicitar seu registro.

No site do CRECI em ‘INSCRIÇÃO PRINCIPAL’, preencha, imprima e assine o formulário.

Anexe a documentação necessária e o comprovante de pagamento da taxa administrativa.

Em seguida protocole o pedido na sede do Conselho ou na Delegacia Sub-regional/Seccional mais próxima do seu domicílio.

O processo de inscrição é submetido à análise de uma Comissão, que poderá antes de elaborar o seu parecer, solicitar informações ou documentos adicionais.

 

Normalmente, em 30 dias você tem o seu CRECI em mãos.

Com posse dele, você já pode atuar no mercado imobiliário como profissional com todos os direitos (e deveres) de um Corretor de Imóveis, com destaque para as comissões de vendas e locações de imóveis.

Corretores de Imóveis são profissionais autônomos e, por isso, não têm remuneração fixa.

Eles são comissionados pelas vendas e locações de imóveis realizadas.

Esta prática está assegurada por lei, estabelecida no Novo Código Civil, Capítulo XIII, artigo 725, que diz:

“A remuneração é devida ao corretor uma vez que tenha conseguido o resultado previsto no contrato de mediação, ou ainda que este não se efetive em virtude de arrependimento das partes”.

Vale ressaltar que esta lei assegura o profissional devidamente regulamentado pelo CRECI.

 

O Corretor de Imóveis tem direito a Comissão sob as transações imobiliárias realizadas.

O percentual de Comissão do Corretor de Imóveis é estabelecido regionalmente, ou seja, cada região pratica um percentual de Comissão para o Corretor de Imóveis diferente.

Este percentual é estabelecido junto aos órgãos competentes da Classe na região.

Em São Paulo e no Rio de Janeiro, por exemplo, a Comissão do Corretor de Imóveis varia de 6% a 10%, de acordo com o perfil do imóvel.

Para saber qual o percentual de Comissão é praticado na sua região, consulte o Conselho da Categoria na sua localidade.

A comissão do Corretor de Imóveis X Comissão da Imobiliária

A Comissão do Corretor de Imóveis que trabalha para uma imobiliária NÃO é a mesma que a Comissão do Corretor de Imóveis que trabalha ‘sozinho’, o Corretor Autônomo.

Quando representante de uma imobiliária, o Corretor de Imóveis é comissionado sob o valor da comissão da venda, a grosso modo é a comissão da comissão.

Nestes casos, a Imobiliária recebe o valor da Comissão Integral e desta comissão é retirada a remuneração do Corretor.

Este percentual é acordado previamente entre a imobiliária e o Corretor de Imóveis.

 

Veja um simulado de Comissão de Corretor de Imóveis que representa uma Imobiliária:

Vamos supor que você é um Corretor de Imóveis da Imobiliária X, no Estado São Paulo, onde a Comissão para a venda de imóveis urbanos é de 6%.

Na Imobiliária X, o Corretor de Imóveis recebe 30% de comissão. Então se:

Você vendeu uma casa no valor de R$350 mil.

A imobiliária recebe 6% do valor da venda: R$ 21 mil.

Você, Corretor de Imóveis da Imobiliária X, recebe de comissão R$6.300.

 

Quem paga a Comissão do Corretor de Imóveis ou da Imobiliária?

O vendedor do imóvel e quem paga a Comissão do Corretor de Imóveis ou da Imobiliária que está trabalhando o seu bem.

Evite surpresas para todos os envolvidos no processo de compra e venda de um imóvel.

Divulgue o valor do imóvel já com a Comissão do Corretor ou Imobiliária inclusa.

E quando há mais de um Corretor envolvido no processo de compra e venda do imóvel?

Parcerias são práticas cada vez mais comuns no mercado imobiliário.

Deixaram de ser vistas como divisão de comissão para oportunidade de negócios.

O ‘Fifty’ é algo legítimo no segmento e para realiza-lo de forma segura, seja transparente e acorde em contrato os valores de comissionamento para os Corretores de Imóveis envolvidos.

 

A Rotina de Trabalho

Estagiar como Corretor de Imóveis é uma oportunidade muito bacana de conhecer e explorar com cuidado todos os âmbitos da Corretagem de Imóveis.

Assim como em todas as profissões, o diploma/certificado/credencial não é suficiente para exercer um bom trabalho.

Adquirir experiência e aprofundar seus conhecimentos na área é fundamental para que você seja um Corretor de Imóveis de Sucesso.

Um assunto que já tratamos por aqui e que você deve colocar aí na sua lista de leituras obrigatórias 😉

Em “Como ser um corretor de imóveis de sucesso”, compartilhamos com nossos leitores práticas de corretores de imóveis bem-sucedidos que podem auxiliar outros Corretores a se tornarem profissionais de sucesso no mercado imobiliário.

Podemos adiantar por aqui que a excelência no Atendimento ao Cliente é a chave para o sucesso dos seus negócios.

Voltando a falar sobre a Rotina de Trabalho do Corretor de Imóveis…

 

Dinâmica e sem rotinas. É assim que podemos resumir o dia a dia de trabalho de um Corretor de Imóveis.

Cada dia com um cliente de perfil diferente, em busca de produtos distintos, em bairros e até cidades diferentes.

 

Para atender com competência esta demanda, o Corretor de Imóveis deve ser organizado.

 

A maneira como ele planeja sua rotina de trabalho impacta diretamente nos seus resultados e, consequentemente, na qualidade da sua vida profissional e pessoal.

Um dos grandes atrativos da profissão é a flexibilidade de horários, permitindo que o profissional conduza vida pessoal e profissional paralelamente, sem abrir mão da qualidade de vida em ambos os setores de sua vida.

 

Por isso, ressaltamos: organização é tudo!

 

A organização é reflexo, sobretudo, de excelência em atendimento ao cliente. O caminho para o sucesso de vendas.

 

Administração de Carteira de Imóveis e de Clientes

Organização vai além da sua agenda de atendimentos do dia ou da semana.

Mantenha toda a sua rotina de trabalho organizada, inclusive, operacionalmente.

Administre suas Carteiras de Imóveis e de Clientes. Tenha total domínio do que entra e sai das suas Carteiras.

Mas, esta nossa orientação só pode ser colocada em prática com o uso da tecnologia imobiliária.

É impossível administrar todos os dados de todos os imóveis e potenciais clientes da sua Carteira, manualmente.

Para isso, conte com um Sistema de Gestão Imobiliária!

Somente um Sistema Imobiliário pode lhe auxiliar de maneira ideal na organização da sua rotina de trabalho e lhe proporcionar um atendimento ao cliente competente.

 

Você sabia que o 1º atendimento ao cliente é decisivo para o caminho rumo a conclusão do negócio?

Tem um post aqui no blog que fala exatamente sobre isso.

Em As 5 falhas fatais no 1º atendimento ambientes alertamos Corretores para as práticas que devem ser abolidas da rotina de um profissional.

O dito popular “A 1ª impressão é a que fica” ilustra muito bem o mercado imobiliário quando o assunto é ferramenta de vendas.

Um bom atendimento ao cliente é sim uma das principais ferramentas de vendas do Corretor de Imóveis.

Do comportamento do Corretor ao receber o cliente ao ambiente de trabalho, tudo influencia este primeiro contato e merece atenção especial.

Acesse o post e saiba quais são as 5 falhas fatais e uma dica extra e muito especial de Atendimento ao Cliente que pode ser estendida para todas as iniciativas na sua rotina de trabalho.

 

Leitura obrigatória 😉

Além deste post, disponibilizamos gratuitamente o e-Book “Táticas de sucesso para o atendimento ao cliente”, mais um conteúdo para lhe ajudar a ser um corretor de imóveis bem-sucedido.

Vale ressaltar que o sucesso é resultado do desenvolvimento de um bom trabalho.

Para ser um Corretor de Sucesso é preciso inserir no seu dia a dia de trabalho algumas práticas, tornando-as uma rotina prazerosa na sua vida profissional.

O Corretor de Imóveis bem-sucedido é mais do que aquele que vende mais.

Ser um Corretor de Sucesso é também ser um profissional competente em quesitos importantes do processo de compra e venda de imóveis, como no caso dos donos de imobiliárias, onde a Gestão de Negócios é fundamental para o alcance do sucesso.

Espero ter lhe ajudado a seguir em frente no seu objetivo de ser um Correto de Imóveis, uma profissão da qual nos orgulhamos muito!

Ssitema para corretor de imóveis

Letycia Queiroz

Marketing de Conteúdo em Microsistec
Jornalista heavy user de internet, é viciada em pizza, apaixonada por chocolate e por todos os cachorros do mundo.
É filha de Corretora de Imóveis e tem a sua mãe como persona (e inspiração!) principal para os seus textos.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.Campos obrigatórios *