Série Marketing #2 – Estrutura de Campanhas no Facebook

Tempo de leitura: 4 minutos

Olá, tudo bem? Estou de volta aqui e hoje vamos falar sobre estrutura de Campanhas no Facebook.

Já vimos no post anterior como ter acesso ao seu gerenciado de anúncios, Como criar seu gerenciador de anúncios, agora vou abordar sobre a estrutura de Campanhas de Anúncios no Facebook.

Meu objetivo é que você tenha um entendimento claro do funcionamento e possa acompanhar nossas próximas matérias facilmente. Está pronto?

Estrutura de uma Campanha

A campanha é subdivida em 3 partes, sendo elas.

  1. Campanha
  2. Conjuntos de anúncios
  3. Anúncios

1) Campanha

Ela é a base de tudo, onde configuraremos sua identificação, objetivo de campanha, orçamento, otimização da campanha (CBO) e data.

CBO = A otimização do orçamento da campanha distribuirá seu orçamento entre os conjuntos de anúncios para obter mais resultados dependendo das suas escolhas de otimização de veiculação e estratégia de lance. Você pode controlar os gastos de cada conjunto de anúncios.

Toda campanha possui um objetivo, o qual você deve escolher de acordo com o resultado que você pretende atingir. Confira os objetivos disponíveis na imagem abaixo.

Nós utilizaremos entre 5 ou 6 dessa lista, Tráfego, Geração de Cadastros, Envolvimento, Visualização de Vídeo e Conversões.. talvez algum outro.

No orçamento da campanha que você poderá optar em orçamento vitalício e diário, recomendo trabalhar com o orçamento diário (conseguimos performar melhor assim).

O nome que você dará a campanha é muito importante também, pois ele interfere diretamente na organização e acompanhamento que você fará, então recomendo que utilize um padrão.

Vamos criar um exemplo simulando uma campanha de divulgação de um lançamento:

[ONTIME][CONVERSÃO] – Lançamento Santa Rita

Mas porque esse nome???

[ONTIME] = Utilizo esse termo para indicar que a campanha ficará ativa por um tempo determinado, ou seja, quando tem uma data de início e data de término. Outra opção que costumo usar é ONGOING, quando trata-se de uma campanha contínua

[CONVERSÃO] = Aqui indico o objetivo da campanha, poderia ser [TRÁFEGO] ou [ENVOLVIMENTO] ou qualquer outro objetivo.

Lançamento Santa Rita = Por fim o nome da campanha, “Promoção Black Week“, “Promoção de Natal“, “Captação de Clientes“… algum nome que identifique o assunto da campanha.

Você pode incluir outros nomes a fim de auxiliar em seu filtro de busca por campanhas.

2) Conjunto de Anúncios

O conjunto de anúncios é o local onde basicamente vamos segmentar sua campanha, criar públicos diferentes e testá-los. O conjunto de anúncios mal configurado pode colocar sua campanha no lixo ou até mesmo ter um baixo rendimento (sem você saber).

Recomendo que você crie uma campanha com pelo menos 2 conjuntos de anúncios para que possa ao menos validar qual público tem melhor performance, ou seja, identificar o melhor custo por resultado.

Aqui configuraremos:

  • Conversões
  • Orçamento (individual por grupo de anúncios)
  • Público (Teremos uma matéria falando somente sobre isso)
  • Posicionamentos (Em quais canais seu anúncio aparecerá, aqui podemos selecionar Facebook, Instagram, Audience Network e Messenger.)

A nomenclatura dos conjuntos eu utilizo sempre: #00 – Nome da Segmentação

Exemplo: #00 – Lista de e-mail

#00 – Indica qual público que é… 1º, 2º, 3º (mais para frente explicarei porque)

Nome da segmentação – Indica qual o público e segmentação você fez, por exemplo  #XX – FB – Envolvimento 30D (para público que teve envolvimento com seu facebook nos últimos 30 dias).

Farei uma matéria bem legal falando somente sobre públicos.

3) Anúncios

Por final, teremos os anúncios, os criativos em vídeos ou imagens e textos da chamada do anúncio. Assim como o conjunto de anúncios, os anúncios devem ser criados variações, com o objetivo de avaliar a melhorar sua performance. Recomendamos nos anúncios criar pelo menos 3 variações de anúncios.

 

Em resumo nós temos:

Uma campanha pode ter vários conjuntos de anúncios

Um conjunto de anúncio pode ter várias anúncios

Um possível estrutura de campanha seria:

Pode parecer pouco, mas é de extrema importância que você entenda isso, afinal é a base para seguirmos para a criação da campanha.

Esse modelo é uma das formas de estruturar uma campanha, meu método, não quer dizer que outros estejam errados ou não funcionem.

Gostou? Compartilhe com seu amigo corretor e deixa um comentário no campo abaixo.

Até a próxima!

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.Campos obrigatórios *