Corretor autônomo: 3 dicas para você vender mais que uma imobiliária 

corretor autônomo

Corretor autônomo é o corretor de imóveis que trabalha sozinho, não está vinculado a nenhuma imobiliária. Ele é a sua própria imobiliária. 

Entre os benefícios e desafios de ser um corretor autônomo, há erros que são fatais e acabam os impedindo de ganhar mais. 

São erros que, inclusive, os levam a crer que para isso é preciso deixar de ser um corretor autônomo, um equívoco que subestima a sua capacidade de ser um profissional de sucesso como tantos outros. 

Por isso, hoje o nosso bate papo aqui no blog da Microsistec é com você, corretor autônomo, ou com quem está pensando em seguir carreira solo no mercado imobiliário e trabalhar sozinho. 

Como ganhar mais como corretor autônomo? 

corretor autônomo

Sei que esse assunto muito lhe interessa, então, como ‘sigam-me os bons!’. 

O corretor autônomo é um corretor de imóveis como qualquer outro com uma única diferença: trabalha sozinho. 

No mais, é tudo igualzinho: 

  • Ambos têm CRECI
  • Ambos são comissionados pela venda – em proporções diferentes e aí “que mora o perigo!”. 
  • Não têm ajuda de custo
  • Não têm vínculo empregatício 
  • Etc.

A única e significativa diferença é, de fato, que o corretor autônomo trabalha praticamente 100% sozinho e o corretor de imóveis trabalha em uma imobiliária. 

Significativa. Essa é a palavra que encontrei para ilustrar o abismo que há entre os dois tipos de corretores de imóveis. 

Pois, embora seja apenas uma única diferença, ela tem um peso enorme no dia a dia de trabalho e isso faz com que o corretor autônomo, no caso, se sinta em desvantagem em alguns aspectos e “culpando” este fator ao seu resultado de vendas abaixo do desejado.  

Acontece que, assim como em todas as profissionais e modelos de trabalho, há vantagens e desafios. 

Hoje, para sermos o mais didáticos e dinâmicos possível, vamos focar nos desafios e soluções para o corretor autônomo vender mais. 

Foi isso que te trouxe aqui, portanto, sem mais delongas, vamos em frente com o que mais gostamos de compartilhar por aqui: boas práticas! 

Listei uma série delas pensadas como solução para os grandes desafios do dia a dia de um corretor autônomo. 

Você sabe que eu sou filha de corretor de imóveis e minha mãe é uma corretora autônoma e minha grande inspiração / cobaia (risos!) para muitos experimentos, inclusive, de boas práticas com objetivo de vender mais. 

Por isso, te digo, essas são dicas testadas e aprovadas por uma corretora autônoma que passa pelo mesmo que você e, como ela mesmo diz: só muda o endereço! 

Vamos as dicas para o corretor autônomo vender mais. Anota aí! 

Dica 1 – Disciplina, o combustível do sucesso de vendas

Corretor autônomo precisa de mais disciplina que o todos os demais. 

Trabalhar sozinho exige isso, pois, na medida em que temos mais flexibilidade, autonomia e tantos outros benefícios que trabalhar sozinho nos traz, corremos o risco de “nos dedicar menos” ao trabalho e acabar ocupando o tempo com outras demandas. 

O corretor de imóveis de uma imobiliária, embora não tenha vínculo empregatício, tem suas obrigações/acordos com ela. 

O horário de expediente é um deles e isso, fatalmente, traz mais disciplina e organização à rotina e ao período de dedicação ao trabalho desses corretores. 

Entretanto, você não precisa trabalhar em uma imobiliária para ser mais comprometido com o seu trabalho, não é mesmo? 

Vamos ser bem francos como sempre fomos: não tem nenhuma criança por aqui e cada um sabe onde seu calo aperta. 

E, com o máximo de empatia, levando em consideração as dificuldades de autogestão que todo profissional pode ter, os desafios de conciliar vida pessoal e profissional, sobretudo em posições que nos beneficiam de certa flexibilidade, é preciso investir em disciplina. 

Mesmo eu que não curto muito o papo “coach” e suas filosofias de levar a vida, não posso deixar de concordar com essa máxima sobre a importância da disciplina para o alcance dos resultados almejados. 

E como ter mais disciplina? Qual a solução e boa prática para isso? 

Anota aí, corretor autônomo – mas vale pra todo mundo ;). 

Planeje seu dia – crie o seu expediente e cumpra-o. Use o benefício da flexibilidade  para isso,encaixando os seus compromissos pessoais neste período, mas sem abrir mão dele. 

Na prática é, sempre que possível, agendar médico depois das visitas aos imóveis ou em dias “mortos”, quando o volume de atendimento tende a ser menor. 

Use as vantagens de ser um corretor autônomo da forma correta, do contrário, elas se tornam armadilhas no seu dia a dia de trabalho e impactam diretamente nos seus resultados. 

Pense nisso e seja o mais disciplinado possível. Seja tão comprometido com você quanto você é com o outro. 

2 – Automatize processos, corretor autônomo. 

corretor autônomo

Se o dia de qualquer pessoa no mundo precisa de, pelo menos, mais 10 horas para dar conta, o do corretor autônomo precisa de mais 40 horas. 

Mas, como todo mundo tem as mesmas 24 horas é preciso encontrar maneiras de otimizar o tempo e fazê-lo render ao máximo. 

Como corretor autônomo que trabalha sozinho, otimizar os processos é a saída e uma das melhores práticas para melhor performance e, consequentemente, melhor resultado em vendas. 

A tecnologia está aí para isso e o mercado imobiliário é um verdadeiro privilegiado nesse sentido. 

Tudo, absolutamente tudo, pode ser automatizado na rotina de um corretor autônomo a partir de um sistema para corretor de imóveis. 

Atenção: não, softwares imobiliários não se restringem às imobiliárias. 

O corretor autônomo pode e deve ter um sistema imobiliário completo para gerir seu trabalho e alavancar suas vendas. 

Esta é uma das melhores e mais eficientes ferramentas de gestão também do corretor autônomo. 

Por isso, encontre o melhor sistema imobiliário para o seu negócio e faça dele a sua equipe!

Em tempo, conheça a proposta do sistema para corretor autônomo da Microsistec, suas funcionalidades e planos

Faça um teste de 15 dias gratuito e entenda, de uma vez por todas, o quão eficiente você pode ser com ele. 

E, se tiver dúvidas sobre qual o melhor sitema imobiliário para você, leia uma dos nossos artigos a respeito da lista abaixo:

3 – Terceirize alguns processos  

Vira e mexe eu falo por aqui sobre a importância de terceirizar os processos, em especial, em um processo tão longo e moroso como o de compra e venda de um imóvel. 

Sabemos que ele pode levar até seis meses para ser concluído com sucesso…

Acontece que, equivocadamente, muito corretor autônomo considera terceirizar partes do processo um custo e não um investimento. 

Sendo franco – como sempre – há corretores autônomos que, de fato, não estão no momento de “pagar para alguém fazer” algo que ele faz e “perder” parte da sua comissão com isso. 

Sim. Fator importantíssimo aqui, nessa etapa de terceirizar, é saber e ser muito leal ao seu cenário, reconhecer o momento do seu negócio, analisar e, então, ter iniciativas que exigem algum custo. 

Terceirizar só é estratégico dessa forma! 

Tirar de onde ainda não tem não é inteligente, eu diria.  

Mas, uma vez identificado o seu momento e, caso seja o ideal para isso, terceirize etapas como: 

  • Documentação 
  • Análise de Crédito
  • Marketing Imobiliário 

São coisas que levam tempo e consomem sua energia, te limitando ao que você faz de melhor: atender seus clientes. 

Com mais tempo livre para atender melhor seus clientes, você tem a possibilidade de fazer novos atendimentos, fatalmente, de uma forma melhor e mais eficiente. 

E, se este ainda não for o momento ideal para terceirizar alguns processos, se organize para isso. 

Em breve, este será um passo inevitável para você alavancar suas vendas. 

corretor autônomo

Corretor autônomo, passeando por essas 3 dicas para vender mais, elas fizeram sentido pra você e sua rotina, o seu momento profissional? 

Eu espero que sim!

Disciplina, tecnologia e visão estratégica. Esses são os 3 componentes de um combo que te leva ao sucesso de vendas como corretor autônomo. 

Em tempo, vale dizer que trabalhar como corretor autônomo é, de forma geral, uma opção baseada no perfil profissional do corretor que, por N motivos, prefere atuar no mercado imobiliário dessa forma. 

Trabalhar em uma imobiliária na busca de mais comissões, atuar como corretor de uma forma que não é o seu perfil é também correr o risco de não ser quem você é, na profissão que você escolheu, entende? 

Não é preciso abrir mão disso para vender mais e ganhar dinheiro como corretor autônomo. 

É preciso ajustar os ponteiros de acordo com o que o mercado pede, se manter atualizado, aperfeiçoando os processos para atendê-lo com maestria. 

E isso vale para os corretores de imóveis em imobiliárias e, claro, para o corretor autônomo que quer ser bem sucedido atuando em carreira solo no mercado imobiliário. 

Gostou das dicas? É corretor autônomo e pratica algo além disso que dá certo por aí? Compartilha com a gente!

Vamos enriquecer o nosso mercado juntos. 

Bons negócios.

4 respostas para “Corretor autônomo: 3 dicas para você vender mais que uma imobiliária ”

  1. Trabalho como autônoma e sei como é ter o comprometimento comigo mesmo todos os dias. É uma rotina que eu amo, acordar todos os dias, sentar em frente ao meu computador e começar os trabalhos.

    Criei um check list para das inicio as minhas atividades diárias, NÃO É SÓ VENDA, mas também prospecções de imóveis. Pois não adianta ter o cliente, e não ter o produto. É muito desafiador mesmo.

    Essa geração de hoje não quer pensar em colher frutos a longo prazo, são imediatistas, por isso temos que por muitas vezes fazer tudo sozinhos.

  2. Perfeito Marlon, sem dúvida esta sua matéria vem ajudar muito aqueles colegas que têm planos para se tornar Corretor Autônomo e que é o meu caso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Experimente por 15 dias grátis!
Sem nenhum tipo de cobrança.

    Suas informações estão seguras.

    Confira nossos materiais gratuitos para te ajudar a vender mais

    Já vai sair?

    Antes confira nossos materiais gratuitos para te ajudar a vender mais

    Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo.